meta name="robots" content="noindex" /> Contraculturalmente: FILME DE CULTO 8: A MORTE CHEGA DE MADRUGADA



FILME DE CULTO 8: A MORTE CHEGA DE MADRUGADA

Bem antes do mega-blockbuster Spiderman, Sam Raimi realizou em 1981 um pequeno filme do mais puro terror intitulado Evil Dead, filme esse que marcaria a sua estreia na cadeira de realizador. Em 1987, Raimi resolve voltar a pegar no seu "primeiro filho", e surge a sequela/remake (riscar o que não interessa) Evil Dead 2: Dead By Dawn (Em Português, A Morte Chega de Madrugada).



No primeiro Evil Dead acompanhamos a aventura de um grupo de estudantes universitários presos numa casa assombrada, sendo atacados por todo o tipo de monstros e aberrações, após terem descoberto por acaso o Necronomicon Ex Mortis, o livro dos mortos. No final da primeira aventura, só Ash (Bruce Campbell, Deus entre os actores de série B) sobrevive.

Evil Dead 2 começa com Ash a regressar à mesma casa onde havia perdido todos os seus amigos, acompanhado pela sua namorada Linda (que havia sido brutalmente decapitada no filme anterior, mas isso é um pormenor pouco relevante, pelos vistos...), com o intuito de passar um fim de semana romântico, apenas para inadvertidamente voltar a despertar o mal contido no Necronomicon... Esquecimento? Erro de continuidade? Pura estupidez? Não se percebe muito bem ao certo. Eventualmente, juntam-se na mesma casa a proprietária da mesma, o namorado dela e um par de saloios encontrados no meio da estrada, tudo carne para canhão para o exército das trevas que sairá do portal criado pelo livro dos mortos.

Enquanto no primeiro Evil Dead temos um grande filme de terror filmado com baixíssimo orçamento, Em Evil Dead 2 temos um bom filme de terror misturado com uma excelente comédia física, fruto do desempenho de Bruce Campbell, o maior herói de acção de todos os tempos, ponto final! É hilariante e perturbador ao mesmo tempo quando observamos a luta entre Ash e a sua própria mão possuída pelo demónio ao longo de toda a película, os requintes de malvadez enquanto o actor principal ri diabolicamente ao amputar a sua própria mão com uma motosserra apenas para a mesma regressar para o atacar quando menos espera e assassinar os seus companheiros de jornada.



No final do filme, só Ash sobrevive, sendo sugado com a sua motosserra e caçadeira de canos cerrados para uma Inglaterra Medieval, abrindo caminho para a terceira parte da série Evil Dead, da qual falarei numa próxima oportunidade...

A Morte Chega de Madrugada pode ser encontrada na Fnac, por enquanto. Porém, este estabelecimento rapidamente coloca produtos mais underground como este fora de circulação sem aviso prévio, portanto, se sabem do que eu estou a falar, comprem-no já antes que o percam de vista. Caso contrário, se nunca ouviram falar deste filme e gostam de sustos e de rir com a desgraça alheia, saquem-no da net.



Trailer:

Etiquetas: , , , , ,

« Home | Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »

janeiro 24, 2006
Blogger W. relatou...

A qualidade do argumento fez-me lembrar um ou outro filme porno português... ou como prefiro chamar-lhes, pornocomédia!    



janeiro 25, 2006
Blogger O_Chaga relatou...

bom filme! gore!    



janeiro 25, 2006
Blogger The Godfather relatou...

As falhas de continuidade entre o primeiro e o segundo filme devem-se ao facto de Sam Raimi ter perdido os direitos de autor sobre o Evil Dead original. A ideia era começar o “Dead by Dawn” onde o “Evil Dead” terminava, mas não podendo usar imagens do seu velho filme, teve de voltar a filmar as cenas necessárias para aquele que deveria ser um breve “flashback” sobre o filme anterior. Já que tinha de fazer tudo de novo, Raimi aproveitou para fazer algumas pequenas mudanças que (na sua opinião) enriqueciam a trama do novo Evil Dead. O melhor é ver os dois filmes separadamente sem estar muito preocupado com a continuidade, até porque têm estilos muito diferentes: o primeiro é um bom filme de terror (genial na simplicidade) enquanto que o segundo é mais um filme de aventura. E o terceiro... Bom... Aguardo o artigo do “Contra-Culturalmente”.
Parabéns pelo blog. Tá fixe.    



janeiro 25, 2006
Anonymous Shop Suey Comics relatou...

Muito Bom filme com bastante Gore e "personificações do mal" à mistura.Não esquecer outras obras de Sam Raimi como Darkman ou American Ghotic. Hasta    



janeiro 29, 2006
Blogger Inquisidor-Sapista relatou...

Quase tão bom como o Toxic Avenger!
A primeira vez que vi esse filme fiquei a pensar durante algum tempo a pensar qual o objectivo do realizador ... fazer rir ou chorar?? cheguei à conclusão ... antes polo contrário!    



» Enviar um comentário