meta name="robots" content="noindex" /> Contraculturalmente: BD DE CULTO 20: BATTLE POPE



BD DE CULTO 20: BATTLE POPE

(Eu sei que vou para o Inferno por isto. No dia em que a minha alma for pesada, tenho a certeza que o São Pedro vai dizer "Hum... Tu escreveste isto assim assim... Desculpa lá, pá, não temos vagas aqui no nosso clubinho!". Mas isto é bom demais para não partilhar. Paciência, logo penso nisso quando o mafarrico me estiver a fritar no seu wok...)



Battle Pope narra a vida de um possível Santo Padre, treinado desde tenra idade pelo Papa anterior e pelo próprio Bruce Lee para se tornar no líder da igreja católica. No entanto, Battle Pope perde-se nos prazeres da carne e nos vícios da bebida, vivendo uma existência amoral, bem longe dos ideais que supostamente deveria defender. Inevitavelmente, o dia do juízo final chega à terra, e de entre um punhado de escolhidos para entrar no reino dos Céus, Battle Pope encontra-se na lista dos 668848300 condenados (número aproximado) a uma eternidade de dor e sofrimento. A raça humana entra numa sangrenta batalha contra os demónios de Belzebú pelo domínio da terra. Eventualmente, um tratado de paz é assinado entre os senhores do mundo e o Mafarrico, encerrando-se os portões do Inferno. Porém, um punhado de demónios procura ainda causar o caos no nosso planeta. Nosso Senhor não tem outra opção senão recorrer ao seu filho Jesus H. Christ e a Battle Pope para manter a paz na terra, dando-lhes a missão de resgatar o guardião do planeta azul, Saint Michael, entretanto raptado pelas forças do mal.



Uma Banda Desenhada que não se quer levar a sério, Battle Pope pega na fé de milhões e atira-a ao chão violentamente, espezinhando-a e varrendo-a de seguida para debaixo do tapete. E fá-lo com uma grande pinta. Um Papa que fuma charuto, pragueja como uma carroceiro e ainda tem uma fivela no cinto com a inscrição Pope para que não haja dúvidas quanto à sua identidade é de uma heresia muito cool. Todos os chavões associados ao Catolicismo estão nesta série, devidamente destorcidos. A título de exemplo, no número 3, Jesus é crucificado pelos demónios. Quando Battle Pope lhe pergunta se está em agonia, Jesus responde "Não é tão mau como parece, chavalo, é como tomar um duche quente, dói como o caraças ao princípio, mas depois um gajo habitua-se...".

Para os interessados, Battle Pope é editado pela Funk-O-Tron, e pode ser encomendado nas lojas da especialidade, podendo eventualmente ser encontrado à venda no nosso país com muita, muita sorte. O primeiro número encontra-se disponível online (a cores, pela primeira vez) e é completamente grátis! Clicai aqui, hereges sacripantas!

Etiquetas: ,

« Home | Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »

fevereiro 14, 2007
Blogger Hugo relatou...

Isto é que é um Papa! Sim senhor!    



fevereiro 15, 2007
Blogger W. relatou...

O mafarrico tem um wok? Daqueles que havia nas tele-vendas?    



» Enviar um comentário